Criada comissão para acompanhar obras da ETAR de Arreigada

Publicado em Publicado por: O Paredense

Vai ser criada uma comissão para acompanhar as obras da ETAR de Arreigada, em Paços de Ferreira, e monitorizar o estado do Rio Ferreira.

A decisão foi anunciada, na semana passada, pela câmara de Paredes, na sequência de denúncias da população sobre os maus cheiros e do “esgoto a céu aberto” em que se transformou o rio na freguesia de Lordelo, fruto de alegadas descargas sem tratamento realizadas no decurso das obras de ampliação e requalificação da ETAR de Arreigada.

Após uma visita às obras da ETAR, realizada na passada terça-feira, 23 de julho, em que participaram o presidente da câmara de Paredes, Alexandre Almeida, os vereadores do ambiente das câmaras de Paredes e Paços de Ferreira, Francisco Leal e Paulo Ferreira, os presidentes das juntas de Lordelo e Frazão/Arreigada, Nuno Serra e Sérgio Gomes, e a chefe de divisão de Recursos Hídricos Interiores da Administração da Região Hidrográfica do Norte, da Agência Portuguesa do Ambiente, Lara Carvalho, além de um representante da Associação “Moinho”, de Lordelo, foi proposta a criação de uma comissão de acompanhamento que tem como missão: “monitorizar a situação de Rio Ferreira, podendo a qualquer momento efetuar visitas ao local da obra, sempre que entender necessárias, sem prejuízo de reportar todas as situações que considere pertinentes às entidades ambientais competentes, nomeadamente APA e SPNA”,

Desta comissão farão parte os presidentes de junta de Lordelo e Frazão/Arreigada, técnicos dos municípios de Paredes e Paços de Ferreira e por um elemento da Associação Ambiental “Moinho”, de Lordelo.

 

Leia a notícia completa na edição em papel de 25 de julho de 2019 ou subscreva a edição online.

Share This: