Condenados por venda clandestina de explosivos

Publicado em Publicado por: O Paredense

A Procuradoria-Geral Distrital do Porto confirmou a condenação, pelo Tribunal Judicial da Comarca do Porto Este, de 32 arguidos a pena suspensa por venda clandestina de explosivos realizada nos concelhos de Paredes, Penafiel e Marco de Canaveses.

Em comunicado a Procuradoria-Geral Distrital do Porto refere que “os factos ocorreram nos anos de 2012 e 2013, principalmente nas áreas de Paredes, Penafiel e Marco de Canaveses, e reportam-se à atividade, reiterada e clandestina, de aquisição, transporte, armazenamento e venda de produtos explosivos, nomeadamente pólvora, rastilhos, detonadores elétricos e pirotécnicos, velas explosivas e explosivos de hidrogel”.

 

Leia a notícia completa na edição em papel de 12 de julho de 2018 ou subscreva a edição online.

Share This: