CHTS abre primeira clínica integrada do Pé Diabético no Serviço Nacional de Saúde

Publicado em Publicado por: O Paredense

Espaço físico da urgência deverá aumentar entre 400 e 1000 m2.

O Centro Hospitalar Tâmega e Sousa (CHTS) vai acolher a primeira clínica integrada do Pé Diabético no Serviço Nacional de Saúde (SNS). O projeto pioneiro é inaugurado esta sexta-feira, dia 13 de julho, pelas 11 horas.

Em nota de imprensa, o CHTS refere que “esta é a primeira clínica do SNS em ambiente hospitalar dedicada exclusivamente aos diabéticos e doentes que sofrem de pé diabético com um espaço que compreende a consulta médica, de enfermagem, podologia com equipa de tratamento, sala de tratamentos e laboratório de suportes plantares”.

Neste momento, a equipa multidisciplinar realiza mais de 3500 consultas por ano, das quais perto de 800 são primeiras consultas, ou seja continua sempre a receber novos doentes.

O CHTS tem a mais baixa taxa de amputação a nível nacional. Citado na nota de imprensa, o presidente do Conselho de Administração, Carlos Alberto, sublinha que este projeto pioneiro só é possível “graças ao empenho de uma equipa multidisciplinar de grande qualidade, liderada por Maria de Jesus Dantas, cirurgiã do CHTS, responsável pela Consulta do Pé Diabético e pela direção do curso Prático de Pé Diabético, uma médica que recebeu, no ano passado, o Prémio Bial Medicina Clínica 2016 pelo trabalho realizado nesta área, prémio esse que é considerado dos mais altos galardões atribuídos na área da investigação.

 

Share This: