Cerca de 500 pessoas caminharam em Penafiel pela prevenção do AVC

Publicado em Publicado por: O Paredense

O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) assinalou, ontem, o Dia Mundial do Acidente Vascular Cerebral (AVC) que hoje oficialmente se comemora.

Segundo dados da Direção-geral da Saúde (DGS), por ano ocorrem em Portugal cerca de 25 mil Acidentes Vasculares Cerebrais. “Estes números exigem que os Centros Hospitalares criem equipas dedicadas a esta patologia, tal como aconteceu no CHTS, em 2009, com a criação da Unidade de AVC do Serviço de Medicina Interna”, refere a nota de imprensa do CHTS.

Quase a completar 10 anos, nesta Unidade tem sido internados cerca de 400 doentes por ano e o seu grande desafio é “reduzir a morbilidade e mortalidade associada ao AVC. Para isso, conta com uma equipa multidisciplinar que garante o apoio desde a admissão no Hospital até a continuação de cuidados em ambulatório após o AVC”.

Este ano, para relembrar a importância da prevenção do AVC, a equipa da Unidade de AVC organizou a Caminhada “Seja mais rápido que um AVC”, realizada em Penafiel, a 28 de outubro, e que contou com cerca de 500 participantes.

Para além da caminhada de 5 Km no Parque da Cidade de Penafiel, houve também rastreio de fatores de risco e showcooking de alimentação saudável.

Em Portugal, 2.761 doentes foram encaminhados para Via Verde do AVC

Falta de força num braço, boca ao lado ou dificuldade em falar são sinais e sintomas que podem indicar a ocorrência de um AVC. Se estes sinais forem reconhecidos, ligar o Número Europeu de Emergência – 112 é a atuação mais adequada, pois a rápida intervenção médica especializada é vital para o sucesso do tratamento e posterior recuperação do doente.

Em 2018 o INEM registou 2.761 casos de AVC encaminhados para a Via Verde do AVC, uma média de 9 casos por dia. Os distritos de Porto e Lisboa registaram o maior número destes encaminhamentos, com 585 e 548 casos, respetivamente.

A estatística indica ainda que o Centro Hospitalar Lisboa Central – Hospital de São José (230) e o Centro Hospitalar Lisboa Norte – Hospital de Santa Maria (223) em Lisboa, Centro Hospitalar Universitário de S. João, EPE – Hospital de São João (218) no Porto, Hospital de Braga (215), e o Centro Hospitalar Tâmega e Sousa – Hospital Padre Américo em Penafiel (143) receberam o maior número de casos encaminhados pela Via Verde do AVC.

Share This: