Centro de retaguarda distrital Covid-19 em Paços de Ferreira ativado na próxima semana

Publicado em Publicado por: O Paredense

A Comissão Distrital de Proteção Civil formalizou ontem a ativação do Centro Distrital de Retaguarda Covid-19 no antigo hospital da Misericórdia de Paços de Ferreira. A decisão será posteriormente validada pelo Secretário de Estado, Eduardo Pinheiro, mas segundo a autarquia este centro destinado a pessoas infetadas com SARS-Cov-2 passará a funcionar já a partir da próxima segunda-feira, 23 de novembro.

Em nota de imprensa, a câmara de Paços de Ferreira diz já ter solicitado os respetivos recursos humanos na área de pessoal médico e de enfermagem, através da Administração Regional de Saúde, bem como de auxiliares de ação direta e auxiliares de serviços gerais, e assume que garantirá também todo o apoio logístico necessário durante toda a operação.

“Estamos todos conscientes da enorme pressão existente nos hospitais públicos da região, pelo que este é mais um contributo do Município no âmbito da pandemia que está neste momento a afetar e de forma muito intensa, o norte de Portugal”, acrescenta a mesma nota.

À semelhança do primeiro Centro Distrital de Retaguarda covid-19, instalado no Seminário do Bom Pastor em Ermesinde, Valongo, a estrutura de Paços de Ferreira passará a receber doentes infetados pelo novo coronavírus em condições de continuar a recuperação fora dos hospitais.

O espaço terá capacidade para cerca de 40 camas e servirá para aliviar a pressão dos hospitais, em particular do Hospital Padre Américo, em Penafiel, que tem estado sobre forte pressão nas últimas semanas devido ao aumento do número de casos na região.