Câmara de Paredes em situação financeira “grave e insustentável”

Publicado em Publicado por: O Paredense

O atual presidente da câmara de Paredes, Alexandre Almeida, garante que a autarquia está numa “situação financeira grave e insustentável”, condicionada pelo anterior executivo, e pela devolução de 6 milhões de euros de fundos comunitários, no âmbito do processo movido pelo Organismo Europeu de Luta Antifraude (OLAF).

Alexandre Almeida convocou, para esta quinta-feira, dia 14, uma conferência de imprensa para tornar públicos dados de “gravidade extrema” relativos à situação financeira do município e que “indiciam incumprimento de obrigações com o Estado, descontrolo, desequilíbrio financeiro e ilegalidade nas opções da gestão municipal anterior”.

Na edição de 28 de dezembro, O PAREDENSE dará todos os pormenores sobre esta conferência de imprensa e sobre o Orçamento de 2018, que será também hoje discutido em reunião do executivo municipal.

 

Share This: