Bombeiros de Cete recebem novo comandante no 93.º aniversário da instituição

Publicado em Publicado por: O Paredense
O capitão Noel Ferreira, piloto aviador da Força Aérea Portuguesa, foi empossado comandante na cerimónia presidida pelo presidente da autarquia, Alexandre Almeida.

O capitão Noel Ferreira, piloto aviador da Força Aérea Portuguesa, foi empossado comandante na cerimónia presidida pelo presidente da autarquia, Alexandre Almeida.

Os Bombeiros Voluntários de Cete assinalaram, no passado domingo, dia 15 de abril, 93 anos de existência com uma sessão solene onde tomou posse o novo comandante da corporação.

Benção da nova viatura adquirida com donativos de empresas e da população

Benção da nova viatura adquirida com donativos de empresas e da população

O capitão Noel Ferreira, de 34 anos, natural de Cete, é piloto aviador da Força Aérea Portuguesa onde também realiza ações de busca e salvamento, mas sempre esteve ligado aos bombeiros de Cete.

No seu primeiro discurso enquanto comandante, o Capitão Noel Ferreira mostrou-se orgulhoso pelas funções que assumiu e prometeu ser uma voz atuante na defesa dos bombeiros e da corporação.

“O facto de depositarem em mim esta confiança faz recair um peso ainda maior da responsabilidade que tenho pela frente. Tudo farei para assegurar o bom caminho desta instituição”, disse.

Assumiu que pretende ser um comandante “exigente e rigoroso” e trazer ideias novas e convicções diferentes para a instituição, mas também prometeu “dar o peito às balas pelos bombeiros” e estar sempre disponível para ajudá-los, como líder e amigo.

“Os bombeiros são a base da proteção civil no concelho”

Alexandre Almeida disse que o município vai atribuir um subsídio de 5 mil euros à corporação para a aquisição de fardas

Alexandre Almeida disse que o município vai atribuir um subsídio de 5 mil euros à corporação para a aquisição de fardas

No encerramento da sessão, o presidente da câmara de Paredes felicitou os bombeiros e toda a direção pelos 93 anos e sublinhou a importância desta corporação para a concelho de Paredes.

“Sinto-me honrado na vossa presença, pela vossa grande humanidade. A coragem faz parte deste homens e mulheres e fico muito orgulhoso por isso”, disse Alexandre Almeida, garantindo que a câmara vai continuar a apoiar as corporações de bombeiros e as delegações da Cruz Vermelha, porque “sem elas não existe proteção civil no concelho”.

 

 

 

Leia a reportagem completa na edição em papel de 19 de abril de 2018 ou subscreva a edição online.

 

Share This: