Autor do atropelamento em Rebordosa fica em prisão preventiva

Publicado em Publicado por: O Paredense

O autor do atropelamento do passado sábado em Rebordosa vai aguardar julgamento em prisão preventiva.
A medida foi decretada pelo Tribunal de Instrução Criminal do Marco de Canaveses, onde o arguido foi ouvido ontem à tarde.

Refira-se que o atropelamento aconteceu na rua das Cabaneiras, junto à sede do Moto Clube de Rebordosa, onde decorria na altura uma festa. Depois de se ter envolvido em desacatos no interior da associação, José Pinto pegou no carro e abalroou cinco pessoas. Duas ficaram feridas com gravidade e acabaram por morrer no hospital.

José Pinto, de 43 anos, está indiciado de cinco crimes de homicídio – dois na forma consumada e três na forma tentada.

Share This: