Assembleia Municipal vota amanhã proposta de resolução unilateral do contrato de concessão de água e saneamento

Publicado em Publicado por: O Paredense
Foto: Arquivo.

A Assembleia Municipal de Paredes vai reunir esta terça-feira, 13 outubro, para discutir e votar a proposta de recomendação do PSD para resolver unilateralmente e com justa causa o contrato de concessão da exploração e gestão dos sistemas de abastecimento de água e recolha e tratamento de efluentes do concelho celebrado com a Be Water.

A sessão extraordinária foi agendada pelo presidente da Assembleia Municipal, José Batista Pereira, na sequência de um requerimento entregue pelos deputados do PSD na última assembleia municipal ordinária.

No documento, os deputados do PSD dizem que “a população de Paredes irá perder mais de 50 milhões de euros com o resgate, em detrimento da rescisão de contrato, com justa causa, com a empresa, que tanto lesou os paredenses”.

Em reunião de câmara os vereadores do partido já tinham votado contra o resgate da concessão anunciado pelo executivo municipal, defendendo que a câmara devia optar pela resolução do contrato por justa causa por incumprimento da concessionária.

A sessão extraordinária está agendada para as 21 horas, no Pavilhão do Centro Escolar de Paredes. Durante a tarde, os deputados municipais de Paredes vão reunir para eleger o presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da região, votação que decorre em simultâneo nos restantes municípios do país.

Share This: