Artur Silva, o presidente que quer dar vida é freguesia de Paredes

Publicado em Publicado por: O Paredense

A eleição de Artur Silva para a liderança da junta de freguesia de Paredes foi uma das surpresas da noite eleitoral de 1 de outubro. Embora o PS já tivesse ganho pontualmente em algumas das antigas freguesias agregadas, como Madalena, Besteiros e Gondalães, na maioria o poder sempre se manteve nas mãos dos sociais-democratas.

Nas autárquicas de 2013, realizadas após o processo de reorganização administrativa que levou à criação da mega freguesia de Paredes, o PSD voltou a vencer, com cerca de 700 votos de diferença para o PS.

A situação alterou-se no passado dia 1 de outubro com Artur Silva a “roubar” a junta de freguesia a Francisco Ferreira por larga margem, vencendo as eleições com 48,12% dos votos (5635), contra 35,51% do PSD (4158).

O novo presidente encara esta “missão” com “enorme sentido de responsabilidade”. Juntamente com a sua equipa de trabalho, Artur Silva irá pôr a cidade de Paredes e as freguesias que estão agregadas a crescer novamente pondo em prática um projeto abrangente para reverter um ciclo de estagnação que atingiu a freguesia nos últimos anos.

“É prioritário colocar o pavilhão gimnodesportivo rapidamente a funcionar, recuperando a dinâmica desportiva de outros tempos, alterar novamente o sentido de trânsito no centro da cidade, nomeadamente na Avenida da República e na Rua 1.ª Dezembro, e construir a piscina ao ar livre”.

 

Leia a reportagem completa na edição em papel de 19 de outubro de 2017 ou subscreva a edição online.

Share This: