APD-Paredes pede mais emprego para portadores de deficiência

Publicado em Publicado por: O Paredense

Mais emprego. Mais facilidade no acesso à saúde e educação. Mais instrumentos de elevação social e promoção da qualidade de vida para as pessoas portadoras de deficiência da região do Tâmega e Sousa são as grandes preocupações que a Delegação Local de Paredes da Associação Portuguesa de Deficientes (APD) manifesta quanto ao défice de medidas estruturais de acesso dos portadores de deficiência a uma maior qualidade de vida.

O presidente da coletividade, Adão Barbosa, manifestou isso mesmo no jantar de comemoração dos 26 anos da APD-Paredes, festejados no passado dia 1 de dezembro, perante uma plateia de mais de 250 pessoas e na presença do vice-presidente da câmara de Paredes, Francisco Leal, e do presidente da Assembleia Municipal, Batista Pereira.

“Precisamos de inserção profissional! De emprego com direitos, estabilidade e perspetivas de evolução futura! Necessitamos de oportunidades de trabalho!”, reiterou o dirigente no seu discurso, apelando aos autarcas da região para que se unam em torno deste objetivo que “deve ser uma prioridade para o nosso território”.

 

Leia a notícia completa na edição em papel de 13 de dezembro de 2018 ou subscreva a edição online.

Share This: