António Gomes de Sousa apresentou livro na Biblioteca A Celer

Publicado em Publicado por: O Paredense
A edição do livro é da responsabilidade da Cooperativa de Eletrificação A Celer

A edição do livro é da responsabilidade da Cooperativa de Eletrificação A Celer

“Manuel Luís Nogueira e outros mártires da Pátria e da Liberdade” é o título do novo livro da autoria do investigador penafidelense António Gomes de Sousa, apresentado no passado sábado, dia 11, na Biblioteca A Celer, em Rebordosa.

Na sessão estiveram presentes, entre outros, o presidente da Cooperativa A Celer, Manuel Moreira, a presidente da junta de Rebordosa, Salomé Santos e vários elementos do seu executivo e Manuel Ferreira Coelho, autor do preâmbulo do livro.

Com 120 páginas o livro “Manuel Luís Nogueira e outros mártires da Pátria e da Liberdade” centra-se em dois momentos da História de Portugal: as Invasões Francesas em 1809 e a guerra entre liberais e absolutistas, de 1828 e 1834. António Gomes de Sousa dedica um capítulo deste livro aos paredenses que faleceram em 1809 às mãos dos franceses em Baltar e aos que foram vítimas dos miguelistas e passaram pelas prisões, acusados de serem liberais.

Com particular destaque para Manuel Luís Nogueira, natural de Baltar, juiz de fora da Póvoa de Varzim e Aveiro, implicado no movimento de 1828 e executado a 7 de maio de 1829.

 

Leia a notícia completa na edição em papel de 16 de novembro de 2017 ou subscreva a edição online.

Share This: