Ação solidária: Bombeiros e Cruz Vermelha fornecem máscaras em troca de um donativo

Publicado em Publicado por: O Paredense

A câmara de Paredes adquiriu 100 mil euros em “máscaras sociais, laváveis e certificadas” para doar às cinco corporações de bombeiros e às duas delegações da Cruz Vermelha do concelho. No início desta semana, as máscaras já começaram a ser disponibilizadas à comunidade, por um valor simbólico de um euro, como forma de apoiar estas entidades que socorrem a população.

A ação solidária do município “uma máscara por quem nos socorre” visa “dotar os cidadãos dos meios de proteção contra a Covid-19” e “aproximar as pessoas das instituições que os protegem”. Através desta campanha, “a comunidade pode colaborar simbolicamente com quem está na linha da frente e neste momento atravessa um período de dificuldades económicas face à diminuição drástica da atividade de socorro”.

Cada corporação de bombeiros vai receber um total de 18 mil máscaras e as delegações da cruz vermelha cinco mil, um apoio que dizem ser importante numa altura em que a situação financeira das próprias corporações também se agravou por força da pandemia.

Com a diminuição no acesso a serviços de saúde comuns, registaram-se quebras de receitas significativas, em muitos casos superiores a 70%.

Onde podem ser adquiridas

As máscaras podem ser adquiridas junto dos bombeiros e delegações da cruz vermelha, mas também nas instalações das juntas de freguesia do concelho.

As primeiras máscaras começaram a chegar no sábado, 25 de abril, às corporações e esgotaram praticamente no mesmo dia. Em Paredes, por exemplo, os bombeiros receberam 500 máscaras no sábado e mais duas mil na segunda-feira, e os equipamentos foram todos vendidos.

Em Cete e Lordelo as corporações de bombeiros conseguiram entregar as primeiras 500 máscaras durante o fim-de-semana e a Cruz Vermelha de Vilela entregou 200.

Em Rebordosa, os bombeiros optaram por colocar um elemento da corporação a disponibilizar as máscaras apenas nas instalações da junta de freguesia para não perturbar os trabalhos no quartel.

Já a cruz vermelha de Sobreira decidiu disponibilizar um contacto de telemóvel e email para receber os pedidos, combinando posteriormente a entrega das máscaras com a população. Os pedidos podem ser feito através do telemóvel 968 615 835 ou do email dsobreira@cruzvermelha.org.pt

Share This: